fbpx

Uber Eats encerra operação de delivery de restaurantes no Brasil

Uber decidiu encerrar a operação de entregas de restaurantes, o Uber Eats, no Brasil. A informação foi confirmada pela empresa, que encerrará o serviço de delivery em 7 de março.

A empresa informou que concentrará esforços nos serviço de entrega de supermercado, por meio da Cornershop, hoje disponível em mais de 100 cidades brasileiras, Uber Flash, de entregas rápidas por motoristas do aplicativo, e Uber Direct, de entrega de lojas diretamente aos clientes, no mesmo dia. “A partir de agora, a empresa vai trabalhar em duas frentes: com a Cornershop by Uber, para serviços de intermediação de entrega de compras de supermercados, atacadistas e lojas especializadas; e de entrega de pacotes pelo Uber Flash”, disse a empresa em comunicado.

A liderança do mercado de delivery de restaurantes no país é do iFood, com 70% de participação. Com a saída do Uber deste segmento, a colombiana Rappi segue como principal concorrente do iFood no Brasil.

Valor apurou que um dos motivos do encerramento do Eats é a pressão da liderança de mercado do iFood. Em setembro de 2020, o Rappi entrou com um pedido de investigação contra o iFood junto ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Em março, a Superintendência-Geral do Cade decidiu proibir o iFood de fechar novos contratos de exclusividade com restaurantes em sua plataforma, em caráter preliminar.

“A Uber segue seu compromisso com seus mais de 1 milhão de motoristas parceiros que geram renda fazendo viagens e entregas pela plataforma – o volume de viagens no Brasil já é maior do que o registrado no período anterior à pandemia. A empresa seguirá expandindo produtos para outros meios de transporte, como motos e táxis”, informou a companhia.

Fonte: Valor Econômico

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: