Vereadores da oposição votam contra projeto eleitoreiro do prefeito Gustavo e Fabielle e exigem reconhecimento dos profissionais da saúde

O bafafá em Assú está grande, porque a gestão incompetente do prefeito Gustavo Soares e que agora conta a com Fabielle Bezerra, a vice de “peso” que está somando na ineficiência contra o povo do Assú, enviaram projeto à Câmara, para criar 30 cargos de Fiscal Sanitário (até 30 vagas), Fisioterapeuta (até 4 vagas) e Psicólogo, até duas vagas, enganando a população de que essas vagas são para ações de enfrentamento ao COVID-19.

Por causa da tentativa de enganar a população e visando aprovação de um projeto que irá servir apenas de cunho eleitoreiro, os vereadores oposicionistas votaram contra. E Lucianny Guerra, que integra a comissão que analisou o projeto na câmara municipal, alegou que existe uma falta de esclarecimentos sobre a contratação dos fiscais sanitários que precisa ser discutida com seriedade, além do fato da contratação desse pessoal sem os devidos requisitos previstos por lei, e que todos poderão estar cometendo um erro.

Os profissionais do município também se revoltaram com o projeto, já que eles não tem da atual gestão um mínimo de valorização profissional nos seus setores e que também são contras essa contratação.

Segundo Alfredo Monteiro dos Santos, Coordenador Geral do Sintese Vale do Açu – Unidade Classista dos Agentes de Saúde do Assú, o Projeto pelos vereadores da bancada do prefeito Gustavo, prejudicam os trabalhadores efetivos da Saúde, especialmente, a classe por ele defendida.

Os seis vereadores que votaram pela não aprovação do projeto são os seguintes: Lucianny Guerra, Beatriz Rodrigues, Avinha Alves, Delkiza Cavalcante, Paulinho de Marlene e Waldson.

A bancada da oposição afirmou ainda que eles não votaram contra as ações de combate ao Covid no município, mas votaram a favor dos servidores que merecem ser valorizados e os projetos tem que ser apresentados da forma correta. “O projeto enviado pelo prefeito tem erros que precisam ser debatidos, consertados. Do jeito que foi mandado para a câmara está errado”. Disse a Vereadora Lucianny.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: