Vereadores do Assu não falam sobre ‘negócio’ de 800 mil de preso pela PF com Prefeitura do Assu

A imagem pode conter: 14 pessoas, incluindo Júnior Trapiá e Wedson Nazareno, pessoas sorrindo, pessoas em pé e terno
Vereadores calados e amordaçados pelo prefeito não dão um pio

O empresário Gabriel Delanne Marinho, dono da  empresa Artmed Comercial trabalha no comércio atacadista de instrumentos e materiais para uso médico, cirúrgico, hospitalar e de laboratórios, que foi preso ontem pela Polícia Federal acusado de desvio de recursos públicos, dispensa indevida de licitação e lavagem de capitais – no primeiro ano do governo do prefeito Gustavo Soares, já no final de 2017, a Prefeitura do Assu, publicou no Diário Oficial do Municipio (VEJA CÓPIA AQUI) extrato de ata de registro de preço entre os dois de quase R$ 800 mil e de outras empresas e empresários, com uma previsão de despesas milionárias na saúde.

A 15ª Vara da Justiça Federal expediu ontem sete mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva, além de decretado o sequestro de bens das pessoas físicas e jurídicas envolvidas. As investigações revelaram que recursos públicos na ordem de R$ 269.999,97, oriundos de emenda parlamentar e destinados ao município de Touros/RN, foram utilizados para o pagamento de empresa de fornecimento de insumos, a qual, contudo, não realizou a efetiva entrega dos materiais.

Em Assú, os 15 vereadores estão todos de bocas caladas e em silêncio, já que não exercem o papel de fiscalizar os atos administrativos do prefeito Gustavo Soares, irmão do deputado do PR e líder do governo do na Assembléia, George Soares, com medo de perderem suas boquinhas de cargos comissionados e outras vantagens nada republicanas do governo municipal, como contratos milionários para empresas de irmãos, como é caso dos  vereadores Paulinho de Marlene e João Paulo Primeiro que usufruem dessa manobra, engordando a renda familiar.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: