fbpx

Vice-prefeito macauense na mira do Ministério Público

Maresia: Desdobramentos da operação envolvem e podem complicar o atual vice-prefeito de Macau.

O Ministério Público Estadual está apurando através do inquérito nº 113.2017.002710 a reforma, ampliação e implantação da quadra esportiva da Escola Municipal Edinor Avelino, serviços que foram realizados na gestão 2013/2016 pela empresa MAC Construções, envolvida na Operação Maresia, que afastou e prendeu ex-prefeitos, secretários e mais alguns funcionários da Prefeitura de Macau no final do ano de 2015.

Segundo o Ministério Público a obra na escola contém fortes indícios de superfaturamento em todas as fases da obra, além de que é fato notável a má qualidade dos serviços realizados, deixando assim, dois fortes indícios de que a obra teria sido usada para enriquecimento ilícito.

O atual Vice-Prefeito de Macau, Rodrigo Antônio Medeiros Aladim de Araújo, também é alvo da investigação, uma vez que à época, era o Secretário de Educação do Município, e portanto respondia e autorizava todos os contratos celebrados pela pasta.

A Promotora Isabel Menezes pediu ao atual Prefeito Tulio Lemos cópias dos contratos firmados com a empresa e toda a documentação, além de outras informações, que podem comprovar o envolvimento de tais pessoas nos crimes. O atual Prefeito tem o prazo de 10 (dez), dias para enviar as informações para o MPE.

Se comprovados os crimes, as penas variam de 3 (três) à 6 (seis) anos, e multa.

Por falta de pagamento do 13º de 2017, policiais civis fecham delegacias em Natal

Protesto dos policiais civis se concentra na Central de Flagrantes (Foto: Sinpol-RN)

Policiais civis do Rio Grande do Norte realizam nesta sexta-feira (13) um protesto contra o atraso no pagamento do 13º salário de 2017. O ato foi batizado de Operação Zero. Na capital, apenas a Delegacia de Plantão da Zona Norte está atendendo a população. No interior, os registros de ocorrências e flagrantes podem ser feitos nas delegacias regionais. O protesto começou de 7h e só deve terminar às 17s, segundo o sindicato da categoria.

“A Operação Zero está sendo realizada para cobrar do governo do estado o pagamento do 13º salário (2017) dos policiais civis, pagamento dos pensionistas da Polícia Civil, o pagamento das promoções, incluindo retroativos, a reestruturação das delegacias, bem como o cumprimento do Termo de Acordo assinado pelo governador ainda em janeiro, e a retomada das negociações do projeto de reestruturação dos servidores da Secretaria de Segurança Pública”, afirmou o Sinpol.

“Infelizmente, o governo não tem tratado os policiais civis como tem atendido outras categorias da segurança pública. A prioridade tem sido investir em propaganda de ostensividade para tentar enganar a população e esconder o verdadeiro problema da segurança, que é a falta de investimentos em ferramentas de investigação e inteligência policial”, acrescentou Nilton Arruda, presidente do Sinpol.

Secretária da Segurança Pública e da Defesa Social, Sheila Freitas disse que tem conhecimento das reivindicações e que o governo vem cumprindo os acordos firmados com a categoria, a exemplo do pagamento das promoções e níveis, mas que é preciso aguardar a chegada de recursos para que o 13º possa ser pago. A secretária ressaltou que resta receber, independente do órgão em que são lotados, os servidores que ganham acima de R$ 3 mil.

A Delegacia de Plantão da Zona Norte de Natal fica na Avenida Dr. João Medeiros Filho, 2141, no conjunto Potengi. G1 RN 

Ivan Júnior realizou o sonho da casa própria de milhares de famílias em Assú

O pré-candidato a deputado estadual pelo PSD Ivan Júnior começou a divulgar vídeos nas redes sociais sobre o seu trabalho como prefeito do Assú durante oito anos. Ele foi escolhido pela população em pesquisa realizada pela Teledata como o melhor prefeito da história do município nos últimos 30 anos.

Henrique Alves já foi solto na manhã de hoje, diz advogado

O advogado do ex-ministro Henrique Alves, Marcelo Leal, disse que seu cliente já foi solto na manhã desta sexta (13).

A defesa alegou excesso de prazo na prisão de Alves. Inicialmente, ele a cumpria em regime fechado. Mais recentemente, a Justiça Federal acolheu pedido para transferi-lo para o domiciliar.

“Quanto ao pedido de extensão ao acusado Henrique Eduardo Alves dos efeitos da decisão liminar que determinou a soltura de Cunha por excesso de prazo, considerando que há nos autos manifestação do MPF (Ministério Público Federal) pela concessão do pedido e que os fundamentos adotados pelo ministro Marco Aurélio Mello se aplicam, pelas mesmas razões, ao ora requerente, defiro-o, determinando a expedição de alvará de soltura”, escreveu o magistrado.

“Hoje acontecerá o último ato de instrução do processo com o interrogatório de Eduardo Cunha. Após a oitiva de quase uma centena de testemunhas, com todas as provas favoráveis à defesa, o processo caminha a passos largos para a absolvição de Henrique”, afirmou, em nota, o advogado do ex-ministro. Folha de São Paulo

‘Só não vamos fazer pacto com o diabo’, afirma Bolsonaro

O pré-candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), durante debate em Brasília (DF) - 06/06/2018

Apesar de o presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro, manter o discurso contra “políticos tradicionais”, o diretório do partido no Pará costura uma aliança com o ex-ministro da Integração Helder Barbalho, do MDB, que concorre ao governo do Estado. Na disputa federal, o senador Jader Barbalho, pai de Helder e patriarca do grupo, manifesta apoio, pelo menos formalmente, à pré-candidatura do ex-ministro Henrique Meirelles, de seu partido, e espera uma definição do nome que o PT lançará à Presidência.

Em visita a Marabá, no sudeste do Pará, ao ser questionado sobre a aliança, Bolsonaro afirmou que não participa das conversas de aproximação entre o PSL e o MDB no Pará, que na prática representa uma aliança indireta com o clã Barbalho para formar palanques, mas que não pode evitar acordos nas sucessões estaduais. “Se o nosso foco é a cadeira presidencial, paciência”, disse o pré-candidato.

“Só não vamos fazer pacto com o diabo”, completou, numa referência a um discurso em que a presidente cassada Dilma Rousseff (PT) afirmou que podia “fazer o diabo quando é hora da eleição”. Bolsonaro, no entanto, disse que não tem “nada a ver” com a costura no Estado e lembrou que conseguiu barrar um acordo do PSL com o PCdoB no interior de Minas Gerais. Por Estadão Conteúdo

Leia mais‘Só não vamos fazer pacto com o diabo’, afirma Bolsonaro

Justiça Federal concede liberdade a Henrique Alves

Henrique Alves depôs à Justiça Federal sobre acusações da Operação Manus na última segunda-feira (9) (Foto: Pedro Vitorino)

O ex-ministro Henrique Eduardo Alves (MDB) teve a prisão domiciliar revogada pelo juiz Francisco Eduardo Guimarães Farias, da 14ª Vara Federal de Natal. Com isso, ele passará a responder em liberdade ao processo da operação Manus em que é acusado de participar de desvios na construção da Arena das Dunas.

Se depender de mim, estaremos juntos do DEM, diz Alckmin

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé e terno

Agripino pode reforçar time de Robinson se o DEM fizer aliança com o PSDB

Geraldo Alckmin, 65, pré-candidato do PSDB à Presidência, diz estar “trabalhando” para compor uma aliança com DEM, partido que tem flertado com a candidatura de Ciro Gomes (PDT). “Se depender de mim, estaremos juntos”, disse o ex-governador paulista à TV Folha.

A vaga de vice também pode ficar com um nome indicado pelo Centrão. Coordenador político da campanha tucana, o ex-governador Marconi Perillo citou três opções a empresários recentemente: Aldo Rebelo (Solidariedade), Flávio Rocha (PRB) e Mendonça Filho (DEM). A definição ficará para agosto.

Uma aliança do PSDB com o DEM a nível nacional, com certeza tira o senador e candidato a deputado federal José Agripino, da chapa do candidato a governador pelo PDT Carlos Eduardo Alves para reforçar o time do governador Robinson Faria aqui no RN.

 

PP com um pé no palanque de Carlos Eduardo e outro no de Robinson

Resultado de imagem para rosalba e betinho

O PP da ex-prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini, está com um pé no palanque de Carlos Eduardo Alves (PDT) e outro no do governador Robinson Faria (PSD), com os dois grupos oferecendo a vaga de candidato a vice-governador a noiva da sucessão Estadual que até agora não assumiu nenhum compromisso, mas que deverá tomar uma definição até a próxima quarta-feira.

Segundo o jornalista do blog Pinga Fogo Alexandre Cavalcanti, a prioridade do PP é outra: uma forte coligação proporcional para permitir a reeleição do deputado federal Beto Rosado (filho de Betinho Rosado) e a eleição de Kadu Rosado (filho do casal Carlos Augusto/Rosalba), deputado estadual.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: