Portal G1 RN age como ventríloquo do governo Fátima Bezerra do PT

Resultado de imagem para portal g1 rn

O Portal de Notícias G1 RN, começa a agir como porta voz ou o ventríloquo de comunicação da Assessoria de Imprensa da secretária de comunicação Maria da Guia Cunha Dantas, publicando texto do governo do PT para discordar das informações veiculadas por blogs de todo o Estado que não rezam na cartilha do governo do Estado e não estão na folha de pagamento da propaganda e publicidade da governadora Fátima Bezerra, que vem comprando deputadois federais, estaduais e senadores.

Para ter governabilidade, a petista Fátima Bezerra, não tem escrúpulo ou ética moral nenhuma. O Portal G1 RN assumiu hoje uma posição no mínimo vergonhosa, agindo como pau mandado do governo do PT em troca de uma gorda fatia de publicidade que significa muito dinheiro no bolso. Basta ao G 1 RN ganhar o dinheiro do governo do PT sem precisar atacar os blogueiros de todo o Rio Grande do Norte, como se o governo autoritário do PT fosse o dono da verdade.

Texto acima foi enviado pela assessoria da governadora Fatima Bezerra

O Portal G1 RN é o mesmo que divulgou uma redução na criminalidade e a violência no RN, mas ninguém acredita nessa desinformação plantada a troca de dinheiro para enganar os incautos. O sindicato dos jornalista precisa se posicionar e protestar contra a conduta anti ética do G1 que usa texto da assessoria de imprensa do governo para disfarçadamente atacar colegas de profissão.

A polêmica começou porque o G1 RN sem ter nada a ver com peixe, passou a defender gratuitamente o governo do PT, alegando que de acordo com o poder Executivo, um exemplo de desinformação disseminada em blogs do Rio Grande do Norte foi uma possível ‘sobra de caixa de R$ 1,4 bilhão’ nas contas do governo, dinheiro que o próprio governo estaria se recusando a utilizar para fazer o pagamento dos salários atrasados.

A falta de profissionalismo do G1 RN é revoltante. Que o G1 RN ganhe seu dinheiro, a fortuna que a governadora paga e pronto, mas não ataque os blogueiros, como se esse portal fosse o Deus da verdade da comunicação.

‘Podem espernear à vontade’, diz ministro sobre críticas a inquérito do STF

Isto é Alexandre de Moraes

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes, que comanda o inquérito aberto pelo presidente da corte, Dias Toffoli, para apurar fake news e ameaças contra os integrantes do tribunal, respondeu às críticas de membros do Ministério Público à investigação.

“No direito, a gente fala que é o ‘jus sperniandi’, o direito de espernear. Podem espernear à vontade, podem criticar à vontade. Quem interpreta o regimento do Supremo é o Supremo. O regimento autoriza, o regimento foi recepcionado com força de lei e nós vamos prosseguir a investigação”, disse Moraes, na tarde desta terça-feira (19).

Ministros do STF

Moraes foi designado por Toffoli para presidir a investigação. O ministro disse que solicitou à Polícia Federal e à Polícia Civil de São Paulo um delegado de cada corporação para auxiliá-lo nas diligências que irá determinar, “principalmente [sobre] a questão dessa rede de robôs, de WhatsApp, Twitter, essa rede que alguém paga, alguém financia por algum motivo”.

“[O objetivo dessa rede] na verdade, é a desestabilização de uma instituição republicana. O que vem se pretendendo é desestabilizar o Supremo Tribunal Federal”, afirmou.  Reynaldo Turollo Jr. – Folha de São Paulo

Leia mais‘Podem espernear à vontade’, diz ministro sobre críticas a inquérito do STF

Trump diz que apoia Brasil na OCDE e vai discutir com Bolsonaro ação militar na Venezuela

O presidente Donald Trump afirmou nesta terça-feira (19) que vai apoiar a entrada do Brasil na OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico) e discutir com o presidente Jair Bolsonaro uma possível intervenção militar na Venezuela.

Dentro do Salão Oval, na Casa Branca, Trump repetiu que sabe o que quer quando o assunto é Venezuela e que “todas as opções estão sobre a mesa” diante da crise no país latinoamericano.

O americano admitiu, no entanto, que Brasil e EUA têm “opções diferentes” e precisam conversar profundamente sobre o assunto.

“Eu sei exatamente o que quero que aconteça na Venezuela. Nós temos opções diferentes sobre a Venezuela, vamos conversar sobre elas. Todas as opções estão sobre a mesa. É uma vergonha o que está acontecendo na Venezuela, toda a crise e fome, vamos falar sobre isso em profundidade”, disse Trump ao lado de Bolsonaro, no Salão Oval da Casa Branca.Marina Dias – Folha de São Paulo

Leia maisTrump diz que apoia Brasil na OCDE e vai discutir com Bolsonaro ação militar na Venezuela

Nelter reforça apelo de dispensa dos tributos para motos atrasadas

O deputado Nelter Queiroz (MDB) reforçou, durante sessão plenária na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (19), o pedido ao Governo do Estado de dispensa da cobrança de impostos em atraso por parte dos proprietários de motocicletas. De acordo com o parlamentar, a maioria dos devedores é de baixa renda e estão em dificuldades financeiras para honrar seus débitos.

“Quero reforçar esse apelo a governadora Fátima Bezerra que já me assegurou que enviaria um Projeto de Lei para regularizar a situação dessas motos. Busco esse direito paras as pessoas simples e humildes”, disse Nelter. Desta vez o pronunciamento do parlamentar foi motivado em decorrência de ação realizada pelo Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) que apreendeu mais de 70 motos no município de Ipanguaçu no início de março.

Nelter Queiroz citou como exemplo a Paraíba, onde o Refis concedido está promovendo uma dispensa ou redução nas multas, juros e acréscimos de até 100%, a fim de que os proprietários de motos e veículos regularizem suas pendências.

Leia maisNelter reforça apelo de dispensa dos tributos para motos atrasadas

Ministério Público pede abertura de inquerito por quebra de decoro do vereador de Macau Kekel

A imagem pode conter: 1 pessoa, barba

O Ministério Público do Rio Grande do Norte, com sede em Macau, encaminhou um ofício à presidente da Câmara, vereadora Maria Dyana de Lyra, solicitando a mesma que na comissão de ética, abrisse um procedimento por quebra de decoro contra o vereador Emanuel Clélio de Oliveira Carlos (kekeu), em razão do mesmo incitar a população a não pagar o IPTU, imposto municipal previsto na constituição Federal.

O procedimento ocorreu devido a falta de decoro parlamentar, desempenhada pelo vereador ao incentivar a população a não pagar o imposto, informando inverdades ao povo, ao afirmar ser o tributo ilegal. Ao verificar as afirmações do vereador kekel, o Ministério Público entendeu que causaram prejuízos aos cofres públicos, o que incentivou a abrir o procedimento que pode ocasionar a eventual cassação do mandato do vereador Emanuel Clélio .

Resta saber se a Câmara irá acatar o pedido do Ministério Público, ou negligenciar como já aconteceu em outras ocasiões em relação ao mesmo vereador. A população fica aguardando qual será o papel da Câmara nessa situação.

Em Assu, mais de 7 mil famílias são atendidas apenas por uma equipe de saúde, diz Ministério Público

Resultado de imagem para PREFEITO DO aSSU E A SECRETARIA vIVIANE
Ministério Público começa a revelar a farsa do governo Gustavo Soares na saúde em Assú e cobra providências do irmão do deputado estadual George Soares

Paralelamente, a 3ª Promotoria de Justiça também expediu recomendação para que a Prefeitura de Assu sob o comando do prefeito Gustavo Soares para que disponibilize pelo menos mais uma equipe de Saúde da Família para atender a comunidade Lagoa do Ferreiro, também no prazo de 180 dias.

A proposta é que a equipe seja instalada no espaço da nova sede da unidade de saúde da família da comunidade, a ser entregue ainda neste semestre. Essa medida também integra o projeto Nascer com Dignidade.

A comunidade conta com aproximadamente 7 mil moradores e está sendo atendida apenas por uma equipe de Saúde da Família. O Ministério da Saúde preconiza que cada equipe deve atender a um universo populacional de 2 mil a 3,5 mil pessoas.

Resultado de imagem para PREFEITO DO aSSU E A SECRETARIA vIVIANE

A secretária Viviane Lima (Foto acima) e a Prefeitura de Assu tem 30 dias para informar a Promotoria de Justiça sobre o cumprimento das medidas recomendadas. VEJA AQUI

Ministério Público aponta irregularidades em hospital e em equipes de Saúde da Família de São Rafael

A imagem pode conter: 12 pessoas, incluindo Wedson Nazareno, pessoas sentadas
Prefeito Reno Marinho, puxa saco do deputado do PR George Soares que se vendey a governadora do PT em troca de emprego

A Prefeitura de São Rafael sob o comando do prefeito Reno Marinho tem o prazo de 180 dias para tomar todas as providências administrativas necessárias para que o Hospital Maternidade Dr. Antônio Ferreira Sobrinho conte com escala 24h de médicos exclusivos para seus serviços. A medida foi recomendada pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio da 3ª Promotoria de Justiça de Assu.

A atuação faz parte do projeto Nascer com Dignidade, que objetiva a adoção de providências para diminuir o índice de mortalidade neonatal e infantil no Estado do Rio Grande do Norte. A proposta é assegurar a fiscalização e o aperfeiçoamento dos serviços de saúde para grávidas, parturientes e mães em estado puerperal.

O inquérito civil instaurado para apurar desconformidades encontradas no Hospital identificou que médicos da Equipe de Saúde da Família estavam sendo utilizados para integrar a escala da unidade.

Essa medida é incompatível tanto com a assistência de urgência e emergência para a qual o hospital está habilitado, como frente as diretrizes do programa Saúde da Família.

A gestão municipal tem 30 dias para informar ao MPRN sobre o acatamento da recomendação, além de eventuais prazos e condições adicionais necessários para seu cumprimento, com a respectiva justificativa. VEJA AQUI DOCUMENTO

Tucano Beto Richa, ex-governador do Paraná, é preso pela terceira vez

Beto Richa (PSDB)

O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) foi preso na manhã desta terça-feira (19), pela terceira vez, suspeito de se beneficiar do desvio de recursos do governo estadual.

A prisão preventiva foi decretada pela Justiça Estadual do Paraná, no âmbito das investigações da Operação Quadro Negro –que apura um esquema de fraude em obras de escolas públicas do Paraná.

Segundo o promotor Leonir Batisti, do Gaeco (Grupo de Combate ao Crime Organizado), Richa foi detido por suspeita de obstrução de justiça, entre outros fatos.

Batisti afirmou, porém, que eles não estão englobados pelo salvo-conduto concedido pelo ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal) –que, na sexta (15), impediu novas prisões do ex-governador e de sua família em relação a outra investigação por desvio de verbas no Paraná. Estelita Hass Carazzai – Folha de São Paulo

Leia maisTucano Beto Richa, ex-governador do Paraná, é preso pela terceira vez

Decreto de Bolsonaro corta 13,7 mil cargos em universidades públicas

Secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Paulo Uebel
Secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Paulo Uebel – Danilo Verpa/Folhapress

O decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro para extinguir cargos, funções e gratificações na administração pública atingiu em cheio a área de Educação, principalmente as universidades públicas federais.

Das 21.000 vagas eliminadas pelo governo, ao menos 13.710 estavam sob a guarda de instituições de ensino, o que corresponde a 65% do total do corte.

Foram extintos cargos de direção, funções comissionadas de coordenação de cursos e outras gratificações concedidas a professores. Entidades representativas do setor criticam a medida.

O detalhamento sobre as áreas mais afetadas pela eliminação dos postos na administração federal foi omitido pelo governo quando divulgou à imprensa as informações sobre a medida na quarta-feira (13). Bernardo Caram – Folha de São Paulo

Leia maisDecreto de Bolsonaro corta 13,7 mil cargos em universidades públicas

Jacaré começa a ter pesadelos com Ivan Júnior e George apela por apoio do cabriteiro Adriano

A imagem pode conter: 6 pessoas, incluindo Patricio Junior, Adriano Paiva e Ranilson Carlos de Souza, pessoas sorrindo
Cabriteiro Adriano ja embolsou mais de R$ 800 mil do governo em Assu mas se recusou a exercer papel de traidor de Ivan Junior

O cabriteiro Adriano Paiva, amigo pessoal do cabritão e candidato a prefeito derrotado Patrício Júnior, é a grande aposta do cacique e do coronel comandante da centenária oligarquia Soares, para ajudar o empresário Nuilson Pinto, o Pavão, ou a vereadora Fabielle Bezerra, para manter o poder e o domínio do clã Soares, já que o seu  e agora, é pedir perdão de joelhos ao filho do seu velho amigo e do seu pai, José Patricio.

No Pataxó, o chefe da tribo e ex-prefeito Ronaldo Soares, anda sem dormir com a entrada do ex-prefeito Ivan Júnior, na corrida para prefeito do Assu no ano que entra. Com seu carisma pessoal e a ajuda da sua esposa, também carismática, a médica Vanessa Lopes, o ex-secretário Ivan Júnior apontado pela grande maioria da população como o melhor prefeito do Assú, que voltou a fazer politica e a cuidar do Assu e do seu povo abandonado pelo irmãos Soares, o Jacaré esta tendo pesadelos e anda tomando calmante para dormir, assustado com a presença viva de Ivan nos seus sonhos.

Nos bastidores da política do Assu, circula a informação de que o bajulador da governadora Fátima Bezerra e deputado George Soares, andou conversando com o empresário Adriano Paiva que já embolsou mais de R$ 800 mil dos cofres da Prefeitura do Assu, apelando até por amor de Deus que o cabriteiro se declare publicamente a favor do governo Gustavo Soares, mas o empresário se recusou a fazer esse papel de traidor do ex-prefeito pelo menos agora.

Vereadora Delkiza quer se vender ao governo do PT e não ao prefeito Gustavo Soares

A vereadora da chamada oposição em Assu, Delkiza Cavcalcanti, vai se vender ao governo do Estado a pedindo do deputado federal Rafael Motta, do PSB que segundo notícias de bastidores que está levantando essa suspeita que não foi confirmada, mas estaria recebendo ordens do filho do deputado estadual Ricardo Motta para que seus cabos eleitorais façam acordo com o PT da governadora Fátima Bezerra e do senador Jean Paul Prates, fortalecendo a legenda a nível estadual em troca de cargos comissionados, mas ainda falta bater o martelo.

Comenta-se que a vereador Delkiza Cavalcanti, do PSDC, não quer aderir ao governo do prefeito Gustavo Soares e do seu irmão, deputado estadual George Soares, do PR, para não soar como uma traição ao ex-prefeito Ivan Júnior e também fecharia com o PT, mas não apoiaria o candidato da oligarquia Soares a prefeito do Assú, nas eleições de 2020, quer seja o atual prefeito que abandonou a cidade do Assú, o secretário Nuilson Pinto, o Pavão ou até mesmo a vereadora Fabielle Bezerra, que são apontados como candidatos do coronel e chefe da turma Ronaldo Soares.

Prefeito Gustavo Soares pede para Prates impedir candidatura de Nicolau em Carnaubais

A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo Nicolau Cavalcante, pessoas sorrindo, pessoas em pé
Vereador Nicolau com o senador Prates do PT, na companhia do coordenador do programa do Leite e seu irmão e ex-prefeito Luizinho

Numa conversa praticamente a sós, mas quem estava por perto escutou, o prefeito Gustavo Soares, pedindo ao senador do PT Jean Paul Prates, para impedir e vetar a candidatura a prefeito de Carnaubais do vereador do PC do B, Nicolau Cavalcanti, irmão do ex-prefeito Luizinho Cavalcanti, coordenador geral do Programa do Leite do Governo do Estado.

Prates disse que precisa conversar pessoalmente com o deputado George Soares para traçar a estratégia de impedimento ou veto da candidatura a prefeito de Carnaubais do vereador e irmão do ex-prefeito Luizinho. O senador do PT pediu calma ao prefeito e afirmou que ia estudar com a governadora Fátima Bezerra, o melhor meio para afastar o vereador do C do B da disputa, quer seja exonerando Luizinho se não obedecer ou outra atitude política menos traumática.

Em tempo: O senador Prates do PT  vai atender a quem einh?

‘Comprada’ por emprego para marido, Inês do PT bate continência a prefeito do Assu

A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sentadas, mesa e área interna

A ‘imparcial e destemida’ sindicalista do SINTE/RN, Inês Almeida, que mudou seu discurso por obediência cega e movida apenas por interesses nada republicanos, esteve ontem no gabinete do prefeito Gustavo Soares, como prova de sua completa subserviência após ser comprada por emprego para seu marido Paulo Morais, nomeado para a Secretaria municipal de Agricultura.

A imagem pode conter: 10 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas, pessoas em pé e área interna

A sindicalista do SINTE/RN Inês Almeida e o seu marido secretário Paulo Morais e outros secretários do governo municipal, para justificar os salários que recebem por mês dos cofres da Prefeitura do Assu, prestigiaram a presença do senador Jean Paul Prates, para serem apontados como traidores.

Senador do PT jura obediência e tem o apoio oficial do prefeito do Assu

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas e área interna
Em troca de obediência, senador Prates tem apoio de oligarquia em troca de votos por reeleição

O senador do PT Jean Paul Prates, esteve ontem em Assú e o prefeito Gustavo Soares, irmão do deputado do PR e líder do governo na Assembléia George Soares, que se vendeu a governadora Fátima Bezerra (PT), por empregos de cargos comissionados no Governo do RN, como por exemplo da boquinha para seu sogro para a direção da Ceasa – oficializou o apoio a reeleição de Prates, já na disputa eleitoral de 2022.

Após o aprovo do senador do PT sobre o acordo incestuoso e espúrio do seu irmão com a governadora do PT, o prefeito Gustavo Soares, fechou parceria com Prates em troca de votos. O petista também aceitou todas as condições impostas pelo deputado George Soares sobre a disputa eleitoral para prefeito do Assú no próximo ano, deixando o partido sem autonomia de recusar qualquer vontade ou desejo da centenária oligarquia Soares.

Agora, o PT do Assú virou uma Maria Vai Com as Outras, sem vontade e completamente alienado, com a condição de obedecer cegamente a George e ao chefe da tribo, o velho cacique Ronaldo Soares.

STF investiga 18 parlamentares do PT, MDB e Pros

A Procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu nesta segunda-feira (18) ao Supremo Tribunal Federal (STF) a abertura de 18 inquéritos sobre deputados federais e senadores de PT, MDB e Pros.

Os nomes dos envolvidos não foram divulgados, segundo a PGR, porque foram reveladas em duas delações premiadas que, apesar de já homologadas pelo relator da Lava Jato no STF, ministro Edson Fachin, ainda estão em sigilo. Estas delações têm mais de 90 termos de depoimento, segundo o órgão.

Segundo O Congresso Em Foco, Dodge pediu ao STF que a parte das investigações que trata de pessoas sem foro privilegiado seja encaminhada para as varas que cuidam da Lava Jato na Justiça Federal do Paraná e do Rio de Janeiro, conforme o caso.

A procuradora deixa claro que o órgão não está definindo que instância terá competência para julgar os casos. Segundo Dodge, o pedido ao STF “tem base em juízos aparentes, incipientes e precários da participação de pessoa com ou sem foro com prerrogativa ou de elementos do tipo penal investigado, para o processamento do feito, e que o reconhecimento da competência judicial para processar e julgar a ação penal será feito no momento processual oportuno”.

Prefeito Gustavo Soares engana vereador Junior do Trapiá com promessa de reativar Cerval

A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado e barba
O secretário Nuilson Pinto, o Pavão, com mais de R$ 4 milhões no bolso para comandar o Diba no Alto do Rodrigues, engana o vereador Junior do Trapiá sobre a Cerval

O atual presidente da OCB/RN e do SESCOOP/RN, Roberto Coelho, está enganando a população do Assú, desde que trouxe com seu amigo e chefe da tribo do clá Ronaldo Soares, a Credivale, uma cooperativa de crédito que deu calote financeiro em centenas de famílias que confiaram no pai do atual deputado George Soares e do prefeito Gustavo Soares, depositando suas economias para depois serem roubadas descaradamente.

Os comerciantes e pequenos empresários do Assu e também de outros municípios do Vale do Açu, foram enganados também pela dupla que ajudou a quebrar muita gente boa por fazê-las acreditarem numa canoa furada chamada Credivale que fechou as portas e não devolveu dinheiro depositado nas contas dos associados e correntistas que acreditaram na conversa bonita do ex-prefeito e da liderança cooperativista. O roubo foi superior a R$ 1 milhão.

Hoje, o presidente do SESCOOP/RN, Roberto Coelho, está enganando o atual presidente da Cooperativa de Desenvolvimento Sustentavel Rural do Vale do Assu – Cerval, Cleudon da Mata, com promessas de reabri as portas da cooperativa que estão fechadas e com os equipamentos de sua mini fábrica de queijos e iogurtes se deteriorando por falta de manutenção, apesar do vereador Júnior do Trapiá, uma espécie de cabo eleitoral de Cleudon, ter se aliado ao prefeito Gustavo Soares, mas que até hoje, só tem promessa e nada mais.

Guedes oferece a parlamentares repasses federais

Conheça mais sobre Paulo Guedes, o guru econômico de Bolsonaro

ministro da Economia, Paulo Guedes, prometeu a parlamentares que vai ajudá-los com repasses para as regiões que os elegeram como tentativa de obter apoio para a reforma da Previdência.

Guedes ouviu de lideranças do Congresso que não há confiança no presidente Jair Bolsonaro (PSL)até agora.

O receio é dar propulsão a um governo que usa como trampolim o ataque à classe política e, por isso, não reconhece o esforço feito por aliados.

A reforma da Previdência é um tema árido e impopular, com elevado custo eleitoral, o que Guedes reconhece e, por isso, faz acenos de parceria com parlamentares.

A estratégia de liberação de dinheiro visa dar uma agenda positiva para os políticos apresentarem a suas bases, de olho nas eleições municipais de 2020, e converge com a promessa feita pelo ministro desde que se engajou na campanha de Bolsonaro com o slogan “Mais Brasil, menos Brasília”.

Por essa proposta, apoiadores poderão “vender” em seus redutos eleitorais a conquista de recursos federais obtidos com a reforma. Mariana Carneiro e Camila Mattoso – Folha de São Paulo

Leia maisGuedes oferece a parlamentares repasses federais

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: