‘Vamos acabar não distinguindo mais segunda de domingo’, diz Maria Cristina Peduzzi

Primeira mulher eleita para presidir o TST (Tribunal Superior do Trabalho), a ministra Maria Cristina Peduzzi se diz honrada. O feito, segundo ela, é importante para “materializar a igualdade formal prevista na lei”.

Escolhida na segunda (9) por seus pares —22 homens e 4 mulheres—, assumirá o posto em 19 de fevereiro de 2020, para um mandato de dois anos.

À Folha Peduzzi afirma que os movimentos feministas foram importantes para romper barreiras, reconhece a existência de assédio, mas diz que não foi vítima de machismo.

Segundo ela, o mundo do trabalho mudou. “No mundo todo o comércio abre aos domingos. Vamos acabar qualquer dia desses não distinguindo mais segunda de domingo”, afirma.

A ministra assumirá o cargo passados pouco mais de dois anos da reforma trabalhista de Michel Temer (MDB). “Eu penso que, se a lei foi editada, o juiz tem o dever de aplicá-la.”

Quando estiver à frente da Justiça do Trabalho, uma nova reforma entrará em discussão. O governo pretende revisar as leis trabalhistas.

Leia mais‘Vamos acabar não distinguindo mais segunda de domingo’, diz Maria Cristina Peduzzi

Nomes de destaque no RN recebem maior honraria da Assembleia Legislativa

As medalhas do Mérito Legislativo, Social, Educacional, Esportivo e Cultural – consideradas a maior honraria da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte – foram entregues a nomes de destaque da sociedade potiguar em sessão solene realizada nesta segunda-feira (16). A homenagem aponta nomes que contribuíram nas suas respectivas áreas de atuação para o desenvolvimento do Estado.

“Acreditamos que o sucesso de qualquer organização depende do caráter de seus cidadãos. Bons cidadãos são aqueles que conhecem suas obrigações e as cumprem através dos exercícios de virtudes tais como a responsabilidade, a lealdade, a autodisciplina, o trabalho e a amizade”, disse o deputado estadual Ezequiel Ferreira (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa.

A Medalha do Mérito Legislativo é direcionada a pessoas que comprovadamente tenham oferecido contribuições de relevância para o desenvolvimento do Estado. Neste caso, foram homenageados Vivaldo Otávio Pinheiro, Gertrudes Fernandes de Araújo, Abdênego Xavier dos Santos Raimundo e Carlos Henrique Rodrigues.

Leia maisNomes de destaque no RN recebem maior honraria da Assembleia Legislativa

Álvaro se convence que Natal está um “espetáculo” e manda um “brigado” para Bell

O cantor Bell Marques não perdeu a oportunidade de fazer um agrado ao prefeito de Natal, durante o Carnatal, dizendo que a cidade está um “espetáculo”.

O baiano está fazendo o papel dele: vem, canta, recebe o pagamento, diz que tudo está uma maravilha e vai embora. Mas Natal está longe de ser espetacular, pelo menos, para não citar outros exemplos, para quem precisa da saúde pública, pois os servidores, incluindo os médicos, estão em greve há mais de vinte dias, reivindicando pagamentos e condições de trabalho. Os atendimentos nas UPAs, Unidades Básicas de Saúde e hospitais estã comprometidos.

O prefeito Álvaro Dias, que é médico, respondeu ao músico: “Valeu, Bell,
*Por João Ricardo Correia do Novo Notícias.

Isolda, Allyson e Gutemberg não abrem mão da cabeça de chapa à Prefeitura de Mossoró

A oposição em Mossoró avança nas articulações visando a campanha municipal do próximo ano. No entanto, apesar das conversas e tentativas no sentido de fortalecer uma chapa competitiva com a reunião de forças diversas, o quadro político começa a mostrar desvio no que seria a unificação de forças oposicionistas.

Na semana passada a governadora Fátima Bezerra, ao participar da posse da deputada Isolda Dantas no comando do diretório municipal do PT em Mossoró, antecipou o lançamento de sua postulação à Prefeitura.

Em outra ponta, o também deputado estadual Allyson Bezerra, do Solidariedade, mostra que está em plena campanha, vê sinais claros de viabilização do seu nome, inclusive através de pesquisas, e já tem confessado a amigos que não pretende abrir mão de perder a oportunidade de tentar chegar a Prefeitura de Mossoró. Allyson tem apoio amplo do partido.

Leia maisIsolda, Allyson e Gutemberg não abrem mão da cabeça de chapa à Prefeitura de Mossoró

AL instala Fórum Permanente em Defesa do Registro Profissional

O deputado Sandro Pimentel (PSOL) realizou nesta segunda-feira (16), na Assembleia Legislativa, a abertura do Fórum Permanente em defesa do Registro Profissional e pela derrubada da Medida Provisória 905/19 que já está e vigor e que dispensa o registro profissional para jornalistas, atuários, sociólogos, secretários, radialistas, publicitários, arquivistas e técnicos de arquivo.

“Esse é um espaço de discussão que reúne profissionais de várias áreas onde debateremos a precarização dessas profissões e onde lutaremos para a derrubada da MP 905 que só traz prejuízos para a sociedade”, disse Sandro ao iniciar os trabalhos.

A diretora da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Ana Paula Costa, destacou a campanha realizada pela organização. “Estamos com a campanha nas ruas com o tema: Sou jornalista #DigoNão à MP 905. Mas é preciso que todos os colegas se somem a essa luta pela permanência dos nossos registros”, destacou Ana.

Leia maisAL instala Fórum Permanente em Defesa do Registro Profissional

DEPUTADO MENTIRINHA: George Soares quer se apropriar de obra da Ponte Felipe Guerra que só foi realizada pelo esforço do Ministério Público Federal


O deputado estadual George Soares perdeu o restinho que tinha de vergonha na cara, e agora quer tirar do Ministério Público Federal a benfeitoria da realização das obras de recuperação, alargamento e melhoria na ponte Felipe Guerra.

O deputado esquentadinho e mimado, hoje prega aos cantos do Vale que as obras são suas, mas antes, George ficou em um dilema mortal pois não tinha coragem de atribuir a obra ao seu nome, quando andava a tira colo com o sobrinho do deputado federal João Maia, Gledson Maia, que foi afastado DNIT por causa de maracutaia.

Depois da obra quase pronta, o parlamentar quer se apossar dos frutos dessa obra e atribuir toda a benfeitoria ao seu nome. Por isso, provamos quem é o deputado “mentirinha”, trazemos à tona o verdadeiro benfeitor dessa obra que foi o Ministério Público Federal.

Graças à intervenção Ministério Público Federal, que através de acordo com o DNIT, firmaram um Termo (foto no inicio do texto), prevendo o alargamento da ponte para criar espaço para travessia de pedestres ou passagem de ciclistas.

O acordo foi firmado em audiência realizada em 2014, e na época, o titular da Procuradoria da República no Município de Assú, Victor Queiroga, acatou a proposta de cronograma para a realização das obras apresentado pelo superintendente do Dnit no RN, Walter Fernandes de Miranda Júnior.

O MPF já havia ajuizado uma ação civil pública em 2013, requerendo da Justiça a determinação para que o órgão promovesse o alargamento da ponte, tendo em vista que não há espaço para travessia de pedestres ou passagem de ciclistas. Essa limitação sempre representou riscos aos que caminham, pedalam e mesmo aos que trafegam com seus veículos pelo local.

Agora, o Blog do VT quer ver o deputado George Soares, desmentir esse Termo que consta no site do MPF.

Magnos do Lojão surge como nome forte em São Rafael para as eleições 2020


O comerciante Magnos do Lojão, tem se destacado nos últimos anos dentro da política de São Rafael, articulador e com perfil conciliador, atuando diretamente com a juventude em esportes e causas sociais, conseguiu formar um grupo que mostrou força nas últimas eleições em 2018, quando apoiou os ex prefeitos, Ivan Junior de Assú e Benes Leocádio de Lajes.

Por causa de seu envolvimento com a juventude e o trabalho de formiguinha, conquistou popularidade e o mais importante, credibilidade, e hoje, é um nome muito forte nas eleições de 2020.

Magnos filiou – se ao Republicanos, partido que já nasceu forte dentro do estado, comandado pelo deputado federal Benes Leocádio, e que não poderia deixar de ter um nome dentro de São Rafael, um município importante na região.

Doria telefonou e disse a Moro que declarações sobre Paraisópolis foram injustas

Resultado de imagem para doria e moro

A declaração incisiva do ministro Sergio Moro sobre a atuação da polícia de São Paulo no caso de Paraisópolis, dizendo que teria havido “um erro operacional grave” na invasão da favela que resultou na morte de nove jovens, mexeu com o governador João Doria. Publicamente, não acusou o golpe, mas no privado procurou o ministro para contra-argumentar.

Doria telefonou para Moro e ponderou que as declarações dele foram injustas, pois na visão do governador teriam soado como críticas à polícia como um todo e não apenas aos policiais que atuaram no local. Sergio Moro admitiu que poderia ter sido mais específico e desculpou-se. O selo de paz ficou entre os dois. Moro não fez o reparo em público nem Doria assim exigiu.

Só para lembrar: quando as relações entre Moro e o presidente Jair Bolsonaro pareceram estremecidas, João Doria declarou que, se saísse do ministério, o ex-juiz teria abrigo certo no secretariado do governo de São Paulo.

Leia maisDoria telefonou e disse a Moro que declarações sobre Paraisópolis foram injustas

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: