fbpx

Marília Mendonça morre em queda de avião em Minas Gerais

Mais quatro pessoas morreram na queda do avião: seu produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, o piloto e o co-pilto do avião.

A cantora Marília Mendonça, de 26 anos, e mais quatro pessoas morreram na tarde desta sexta-feira (5) após a queda de um avião de pequeno porte perto de uma cachoeira na serra de Caratinga, interior de Minas Gerais.

“Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, seu produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e copiloto do avião, os quais iremos preservar os nomes neste momento. O avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga/MG, onde Marília teria uma apresentação esta noite. De momento, são estas as informações que temos.”, informou em nota a assessoria da cantora.

Os bombeiros também confirmaram a morte através da seguinte nota: “O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais informa que nesta sexta (5), ocorreu a queda de uma aeronave de pequeno porte, modelo Beech Aircraft, na zona rural de Piedade de Caratinga. O CBMMG confirma que a aeronave transportava a cantora Marília Mendonça e que ela está entre as vítimas fatais.”

A cantora nasceu em Cristianópolis (GO) em 22 de julho de 1995. Ela surgiu como ícone do “feminejo” em 2016, com sucessos como “Infiel” e “Eu sei de cor”. Antes, ela já era compositora de sucessos do sertanejo.

A aeronave era um bimotor Beech Aircraft, da PEC Táxi Aéreo, de Goiás, prefixo PT-ONJ, com capacidade para seis passageiros. Segundo a Anac, o avião está em situação regular e tem autorização para fazer táxi aéreo.

Antes de embarcar fez um vídeo em que aparecia entrando no avião e publicou no Twitter.

A Polícia Civil de Minas Gerais também confirmou a morte em uma nota: “Assim que acionada, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) deslocou equipes da perícia criminal, de investigadores e delegados ao local dos fatos, onde realizam os primeiros levantamentos. A PCMG identificou cinco corpos no avião, sendo três óbitos incluindo o da cantora. Um dos corpos já está sendo encaminhado para Caratinga, onde legista e auxiliar de necropsia aguardam para realização de exames. Os trabalhos de polícia judiciária estão em andamento e a medida que avançarem repassaremos mais informações.”

Informações da assessoria de imprensa

Por volta das 16h30, o g1 procurou a assessora de imprensa de Marília Mendonça, que confirmou o acidente mas informou que a cantora e todos que estavam no avião já teriam sido resgatados e que estavam bem.

O Corpo de Bombeiros não confirmou a informação da assessoria de que todos haviam sido resgatados. Por volta das 16h50, o g1 voltou a procurar a assessoria de imprensa, que reafirmou a informação de que todos tinham sido resgatados e estavam bem.

Por volta das 17h15, o g1 voltou a procurar a assessora da cantora. Neste momento, ela disse que não estava mais conseguindo falar com o empresário da cantora que havia passado as informações iniciais. Às 17h45, a assessoria informou em nota oficial que a cantora havia morrido.

* G1

Avião com Marília Mendonça cai em MG; assessoria diz que cantora está bem

Um avião com Marília Mendonça e mais quatro pessoas caiu perto de uma cachoeira na serra de Caratinga, interior de Minas Gerais, na tarde desta sexta-feira (5).

Segundo a assessoria de imprensa da cantora, todos foram resgatados e passam bem. O Corpo de Bombeiro não confirma que houve o resgate e diz que está trabalhando no local.

A assessoria afirmou que no avião estavam a cantora, um produtor, um assessor, o piloto e o copiloto.

A aeronave é um bimotor Beech Aircraft, da PEC Táxi Aéreo, de Goiás, prefixo PT-ONJ, com capacidade para seis passageiros. Segundo a Anac, o avião está em situação regular e tem autorização para fazer táxi aéreo. Há forte cheio de combustível no local, segundo relatos.

A cantora estava indo para um show em Caratinga. Antes de embarcar fez um vídeo em que aparece entrando no avião e publicou no Twitter.

Isolda solicita ao Idema estudo ambiental para o Rio Piquiri em Pedro Velho

Preocupada com a preservação da fauna e flora e da qualidade de vida de quem mora próximo ao Rio Piquiri, em Pedro Velho, a deputada Isolda Dantas (PT) está solicitando ao governo estadual um estudo ambiental na área. Sua solicitação foi direcionada ao Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do RN (Idema).

“O Rio Piquiri é um importante manancial para abastecimento e consumo humano. Chegou até o nosso mandato a notícia de que se faz necessário o estudo que aponte a viabilidade de um plano de reflorestamento das margens do rio, acima do balneário”, explicou a parlamentar.

Isolda reforçou que o plano de reflorestamento é essencial para recuperar as nascentes, melhorando a qualidade de vida de quem mora em regiões secas e também ajuda a aumentar o volume de água dos rios.

“Um trabalho essencial principalmente numa época de pouca chuva e que também reduz a erosão das margens, garantindo que o rio não seja assoreado, além de torná-lo um verdadeiro corredor ecológico, capaz de abrigar espécies animais que precisam transitar entre diferentes áreas preservadas”, disse.

Com 5 meses de salários atrasados, médicos do Walfredo Gurgel paralisam atendimentos

Médicos cooperados que prestam serviços no hospital Walfredo Gurgel, em Natal, suspenderam os atendimentos nesta quinta-feira (4) por tempo indeterminado. A informação é da Cooperativa Médica do Rio Grande do Norte (Coopmed), contratada pelo governo para fornecer os profissionais.

Segundo a cooperativa, os médicos paralisaram os atendimentos em protesto contra o atraso no pagamento de salários. O Governo do Estado deve à Coopmed cerca de R$ 2,5 milhões, referente aos pagamentos de junho a outubro – cinco meses.

Nos últimos dias, a insatisfação entre os profissionais tem aumentado, e médicos não descartam fazer paralisação em outros hospitais em protesto contra o governo. Entre os médicos com repasses atrasados, estão cirurgiões gerais, cirurgiões vasculares, cirurgiões torácicos e profissionais da clínica médica.

Procurada, a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) disse que “está em diálogo com a cooperativa e reconhece o atraso no pagamento”. “No momento, a Sesap está em tratativas para resolver o ocorrido o mais breve possível”, informou a pasta.

Portal 98 FM Natal

Ezequiel pede solução à Caern com mais um final de semana sem água em Macau e Guamaré

Os municípios de Macau e Guamaré, região Salineira do Rio Grande do Norte, vêm sofrendo há anos com a dificuldade no abastecimento de água. Esta semana, a Companhia de Águas e Esgotos do Estado (Caern) anunciou a necessidade de prorrogar o serviço de manutenção no sistema das duas cidades. Com isso, a previsão é de mais um final de semana sem água nas torneiras para a população local. O fato levou o deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa, a requisitar uma solução definitiva para o problema.

Segundo a Caern, ao realizar escavação, a equipe constatou a necessidade de secar completamente a rede para continuar o serviço que estava sendo feito em segurança. Somente com a área seca será possível continuar o conserto na tubulação de grande diâmetro. A previsão para conclusão do serviço é nesta sexta-feira (5), no final da tarde. Após a retomada do sistema, será necessário aguardar um prazo de até 72h para a completa recuperação do abastecimento.

“Essa situação vem se repetindo há vários anos em Macau e Guamaré e tem motivado uma grande luta da nossa parte na busca por uma solução. Esses problemas têm sido recorrentes, fruto da adutora que foi inaugurada na década de 70 e que precisa passar por uma permanente manutenção”, disse Ezequiel. O parlamentar lembra ainda que a Caern já possui projetos para outros equipamentos que poderão substituir a adutora.

O presidente da Assembleia Legislativa espera que a Caern possa apresentar a real situação da adutora que abastece os dois municípios e que o debate para uma solução definitiva seja retomado. “Vamos trabalhar em conjunto para evitar transtornos mais graves a população, que já vem sofrendo bastante com a atual realidade e a total falta de segurança hídrica”, disse Ezequiel.

A atuação do deputado na busca por uma solução para o problema é antiga. Ezequiel Ferreira já esteve em audiências públicas na cidade de Macau, já articulou reuniões com o Governo do Estado e com a Caern e, agora, trabalha por uma posição definitiva.

George Soares e Francisco do PT se abstém de votar em favor da condução coercitiva do Edinho Silva do PT

Já não era de espantar que as atitudes do deputado estadual George Soares e de Francisco do PT fosse diferente na tarde da última quinta-feira, ao se absterem de votar em favor da condução coercitiva do prefeito de Araraquara (SP), Edinho Silva (PT), por não ter comparecido à reunião da CPI.

O deputado George Soares que sempre prezou por permanecer de “bico calado” em toda sua trajetória política no que se diz respeito a corrupção ou qualquer coisa que envolva processos judiciais, e pelo motivo que todos já sabem, já que seu pai Ronaldo Soares, ganhou fama como o maior vigarista de Assú, pois em sua gestão como prefeito, várias falcatruas foram reveladas na época, como a quadrilha de gafanhotos. E na gestão do seu irmão, o TRE tá cheio de processos eleitorais por supostas compras de voto e abuso de poder.

Diante disso, George Soares não iria ser contra nada que fosse para fazer o certo, e de quebra, ainda levou Francisco do PT, e os dois foram contra a condução coercitiva do prefeito de Araraquara, Edinho do PT, e todos sabem que você se abster de algo é porque não concorda.

No final das contas, parece que se negar a votar é declaração de honra de George e Francisco como voto de confiança a governadora petista Fatima Bezerra, então eles ficam a favor dela e contra o povo do RN, que tem sofrido com a crise econômica que reina no estado, e só tende a piorar ainda mais.

Eleições 2022: pré-candidatos devem ficar atentos aos prazos de desincompatibilização

Funcionários públicos, militares, juízes, dirigentes de empresas e outros profissionais que têm a intenção de se candidatar nas Eleições 2022 devem observar os prazos de desincompatibilização eleitoral para viabilizar a candidatura a um cargo de deputado (federal, estadual ou distrital), de senador, de governador ou de presidente (e vice) da República.

O período para a realização da desincompatibilização varia de três a seis meses antes do pleito eleitoral, de acordo com o cargo pretendido pelo futuro candidato. A cidadã ou o cidadão que deseja concorrer às eleições deve estar desincompatibilizado oficialmente no tempo estabelecido, sob pena de ter o pedido de registro de candidatura negado pela Justiça Eleitoral.

“Esse prazo deve ser entendido como uma condição de elegibilidade. Aquele candidato que deixar de se desincompatibilizar fora do tempo determinado terá como consequência o indeferimento do registro de candidatura. A norma é um instituto fundamental, porque ela atende ao princípio da igualdade de oportunidades”, explica o secretário judiciário do TSE, Fernando Alencastro.

A regra consta na Lei de Inelegibilidade (Lei Complementar nº 64/1990), integra a jurisprudência da Justiça Eleitoral e busca impedir que uma pessoa, no uso do cargo, função ou emprego público, utilize a Administração Pública ou o poder empresarial em benefício próprio.

Consulte os prazos de desvinculação relativos às áreas de atuação profissional.

Desincompatibilização eleitoral

O princípio da desincompatibilização pretende evitar, dessa forma, que haja abuso do poder econômico ou político nas eleições por meio do uso da estrutura e dos recursos aos quais o pré-candidato tem acesso.

Em geral, a norma vale para servidores públicos efetivos ou comissionados; dirigentes ou representantes de autarquias, fundações, empresas, cooperativas e instituições de ensino que recebam verbas públicas; e dirigentes ou representantes de órgãos de classe como sindicatos e conselhos de classe.

Sem essa desvinculação da função pública, o candidato torna-se incompatível para disputar as eleições. A incompatibilidade é uma das causas de inelegibilidade prevista em lei e impede a pessoa de concorrer a um cargo eletivo enquanto estiver ocupando determinada função. Por isso, a desincompatibilização é um dos requisitos necessários para o registro de candidatura de quem deseja concorrer em uma eleição.

Conheça as formas de desvinculação eleitoral.

FRACASSO DE GESTÃO: Fátima Bezerra vivencia pior crise econômica, política e na saúde dos últimos anos

A ex-senadora Fátima Bezerra assumiu o governo do Estado do RN em 2019 e decidiu por não levar adiante uma gestão exclusivamente técnica e focada em resultados, optando por dar continuidade  ao mesmo modelo político retrogrado. A petista tem uma grande habilidade de manter o estado como cabide de empregos para satisfazer as vontades de aliados sem nenhuma visão, como o deputado George Soares.
Com essa decisão, a governadora Fátima sabia que um estado que já estava pobre economicamente em algum momento iria piorar, e ela agora tá vendo o resultado de suas más ações. O caos se instala no RN, pois a petista enfrenta crise na saúde, na educação, na economia e até na área politica, pois como não cumpre as emendas parlamentares, tem gerado uma revolta na Assembleia e uma crise política sem precedentes.
Todos os dias, sindicatos demonstram insatisfação, o Sindisaúde já divulgou ontem que manterá a greve, e caso outras categorias deflagrem mais greves, o caos virá com força total e quem vai pagar o pato é o cidadão, que terá o acesso a saúde e a educação ainda mais restritos.
A petista provou no quão fracassada está sendo ao ocupar o maior cargo político no estado, mostrando uma incompetência e deixando o RN a beira de um caos ainda maior, porque a população já sofre com uma crise econômica que não gera nenhuma perspectiva de melhora pro estado, pelo contrário, só existem mais indícios de que tudo pode piorar ainda mais, caso o governo não consiga honrar com pagamento de salários, e que as categorias atingidas deflagrem greve por tempo indeterminado.
A situação do RN não é fácil porque a conta das despesas e receitas não fecha, e caso a governadora ainda insista em levar adiante esse modelo de gestão fracassado, poderá sofrer um baque ainda maior, como ser afastada do cargo, já que a CPI da Covid na Assembleia anda a todo vapor, e todos os dias lemos nos noticiários a negligência da petista frente a pandemia da Covid.
error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: