fbpx

Ex-prefeita Micarla presta depoimento na Justiça Federal

Resultado de imagem para Justiça Federal retoma depoimentos da 'Assepsia'

A ex-prefeita de Natal, Micarla de Sousa, depôs na 2ª Vara da Justiça Federal, no fim da tarde de ontem, como acusada de ter cometido crimes de falsidade ideológica, contra a fé pública, lei de licitações e aqueles previstos na chamada lei extravagante, por ocasião da contratação da organização social Marca para gerir os Ambulatórios Médicos Especializados de Nova Natal, Planalto e Brasília Teimosa.

O Ministério Público Federal denunciou a ex-prefeita e outros gestores públicos, em 2014, decorrente da montagem de chamamento público, com simulação de concorrência, favorecendo diretamente à Associação Marca para Promoção de Serviços.

O juiz federal Mário Jambo quis saber, principalmente, se a ex-prefeita sabia que o radialista Miguel Weber, com quem ela era casada à época, tinha interferência ou tráfico de influência com relação a Associação Marca, a ponto de intermediar o pagamento pela prestação de serviços, inclusive os prestados na UPA de Pajuçara, que estavam em atraso no fim de sua gestão (2009/ 2012).

Ela negou tal fato e disse que “qualquer membro de sua família não aceitaria qualquer tipo de ingerência”. A ex-prefeita também falou que não tinha influência nas licitações realizadas nas áreas de saúde e educação, que historicamente, “não passavam” pelo gabinete do prefeito, funcionavam como unidades autônomas financeiramente e “tinham vida própria”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: