FALTA TRANSPARÊNCIA: Prefeitura de Jucurutu nada em dinheiro com mais de 13 milhões recebidos do Governo Federal

O Prefeito do município de Jucurutu, Valdir Medeiros, conhecido como o “liso”, segundo dados no portal do Governo Federal, recebeu até hoje, mais de R$ 13 milhões de reais, que deveriam ser utilizados para investir em ações no município, nas áreas de saúde, educação, cultura, infraestrutura e assistência social, dentre outras.

A maioria das prefeituras do Brasil passam dificuldades com a baixa receita recebida, mas essa não é realidade de Jucurutu, que mesmo em meio a pandemia, conseguiu manter uma ordem de recebimento de recursos bem elevada, e que só precisaria, que o prefeito realmente investisse em ações que fortalecessem a economia, serviços básicos de saúde, melhorias na educação, e o mais importante nesse momento, são as ações de combate ao COVID-19.

Falta transparência na utilização desses recursos para a população, que até hoje não sabe onde foram investidos, pois nesse primeiro semestre só pra saúde, foram mais de 4 milhões, e só de royalties recebidos ultrapassam os 8 milhões de reais, conforme tabela baixada diretamente do portal da transparência, que pode ser conferida aqui.

Então, de liso, o prefeito Valdir não tem nada, pois é gestor de uma prefeitura milionária, e as ações não chegam para população, porque ele e sua gestão, é que determinam onde os recursos devem ser aplicados, e o prefeito prefere fazer a gastança com fornecedores, e só é liso para investir na melhoria da vida da população.

Valdir é prefeito sem ação, pois deveria priorizar a população carente do município, que sofre diariamente com a precariedade de ações básicas, como medicamentos, serviços de saúde, escolas sem reforma, falta de programas habitacionais e de assistência, ações de combate ao COVID-19, ruas e avenidas sem pavimentação, e sem nenhuma assistência a zona rural e ao homem do campo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: